Retiro de Verão – Mandala: O Cultivo da Beleza e da Harmonia

retiro-budista-mandala-2
27 e 28 de janeiro de 2018, sábado e domingo, no Sítio da Cachoeira, em Xerém, a uma hora da cidade do Rio de Janeiro.


Quando e onde

Data: 27 e 28 de janeiro de 2018, sábado e domingo
Hora: Chegada no Sítio às 8h de sábado e retorno às 15h de domingo
Local: Sítio da Cachoeira, em Xerém, a uma hora da cidade do Rio de Janeiro. Clique aqui para ver o mapa.

O Retiro

“Nutridos pela beleza, podemos recuperar o equilíbrio e a receptividade”
Tarthang Tulku

Venha conferir o tradicional acolhimento neste espaço, com natureza exuberante e inspiradora. Relaxe nas práticas e no banho de piscina natural e ducha refrescante. Você pode contar com uma deliciosa alimentação vegetariana toda preparada em fogão a lenha! Role até o final da página para ver fotos do sítio.

É chegada a hora de explorar a conexão entre os ambientes externo e interno, de desenvolver apreciação em lugar de agressão. Nutridos pela beleza, podemos recuperar o equilíbrio e a receptividade. À medida que a flor do coração desabrocha, a ação compassiva e alegre aparece naturalmente, e produz frutos que podemos colher e compartilhar.

Programação

Sábado
08:00 às 09:00 – Chegada e acomodação nos quartos
09:00 às 10:00 – Café da manhã
10:00 às 13:30 – Módulo 1 – Mandala da Beleza (com intervalo de meia hora)
13:30 às 15:30 – Almoço
15:30 às 18:30 – Módulo 2 – Mandala dos Sentidos (com intervalo de meia hora)
18:30 às 20:00 – Jantar
20:00 às 22:00 – Filme e comentários

Domingo
07:30 às 09:30 – Prática matinal, café da manhã
09:30 às 12:30 – Módulo 3 – Entrando no Mandala (com intervalo de meia hora)
12:30 às 15:00 – Almoço e tempo livre
15:00 – Saída do Sítio

Instrutoras

Maria Teresa: É aluna de Tarthang Tulku desde 1996. É membro da Diretoria Executiva do CNBT e Diretora do Depto. Arte e Arquitetura Sagrada.

Eliana Kalaf: Aluna de Tarthang Tulku desde 1993. É membro da Diretoria Executiva do CNBT e também responsável pelo Departamento da Visão Tempo Espaço e Conhecimento, tendo recebido treinamento especial nesta área. Ao longo dos anos participou como instrutora em cursos e workshops de Meditação e Psicologia Nyingma.

Eloá Teixeira: Instrutora de Kum Nye Yoga do Centro Nyingma de Budismo Tibetano.

Para inscrições ou dúvidas fale conosco pelo tel (21) 2527-9388 ou whatsapp (21) 98887-9388.

Informações adicionais:

O Que está incluso no valor do retiro

Aulas
Estadia
Alimentação (vegetariana, feita no fogão a lenha!)

ATENÇÃO: O transporte não está incluso no valor do retiro!
O transporte é comumente feito através de carona solidária entre os participantes.

O Sítio da Cachoeira

montagem-retiro-bordas

O Sítio da Cachoeira é um lugar de natureza exuberante; muito bem cuidado, com acomodações confortáveis e sobretudo o acolhimento e o “mimo” com as pessoas é uma marca muito apreciada.

Fica em Santo Antonio, Município de Xerém, a uma hora de distância da cidade do Rio de Janeiro. Clique aqui para ver o mapa de como chegar ao Sítio.

Além dos trabalhos de Meditação e Relaxamento Kum Nye, realizados no quiosque, as pessoas serão convidadas a refrescantes banhos na piscina natural, sauna seca e revigorante ducha, com trilhas de acesso muito bonitas!

Você pode contar com uma deliciosa alimentação vegetariana toda preparada em fogão a lenha, que está inclusa no valor do retiro!

Conteúdo das Práticas e Aulas

Módulo 1: Mandala da Beleza
com Maria Teresa e Eloá Teixeira
manhã de sábado

O equilíbrio estético é a característica do mandala. Baseado num conhecimento ancestral, o mandala integra formas e cores com os elementos e os pontos cardeais numa apresentação simétrica de harmonia do universo. Reconhecer o modelo da experiência do mandala evoca o potencial total do ser.

Módulo 2: Mandala dos Sentidos
Com Maria Teresa e Eloá Teixeira
Fim de tarde e início de noite do sábado

Aprender a assumir responsabilidade por nosso ambiente interno fará diferença para nossas vidas e para o bem estar do planeta. Nosso jardim interno foi negligenciado por muito tempo, mas o solo é fértil. Ao decidirmos seguir o caminho da beleza, nosso jardim interno nunca nos decepcionará, tão rico é seu potencial

Módulo 3: Entrando no Mandala
Com Eliana K. e Eloá Teixeira
Domingo de manhã.

Para entrar no mandala devemos estar prontos a aceitar nosso ser como ele realmente é. Quer entremos no mandala fisicamente ou por meio de visualização, levamos conosco tudo o que somos: pensamentos, sentimentos e percepções. Os elementos comuns da nossa  vida não são abandonados; ao invés disso renunciamos nossos julgamentos sobre eles para que possamos “re-conhecê-los”. Desta maneira podemos renascer para o mundo renovados.