30 anos de CNBT

Em 2017, vamos completar 30 anos do início do Centro Nyingma de Budismo Tibetano!
Conheça nesse post toda a nossa história e venha para a nossa
comemoração nos dias 17 e 18 de junho! 

• • •

Em 1987, Eleonora Furtado chegava ao Rio de Janeiro trazendo os preciosos ensinamentos do Dharma. Vinda da Califórnia, onde havia passado um tempo aprendendo com o Lama Tarthang Tulku Rinpoche, ela trazia um yoga tibetano milenar, o Kum Nye, cujos movimentos e posturas leves levam a uma integração do corpo e da mente e assim equilibra e energiza a totalidade de nosso ser.

Sob a supervisão de Arnaud Maitland, aluno senior de Tarthang Tulku, Eleonora apresentou o Kum Nye a psicoterapeutas corporais, que tiveram grande interesse naquela nova práticas. Até 1989, as aulas e uma simples Cerimônia do Canto da Lua Cheia se realizavam nos consultório das psicoterapeutas líderes do grupo, que acreditaram naquele projeto e o ajudaram a crescer.

grupo como era antes

Graças a esse apoio, em 1990 foi possível alugar uma sala privada, apenas com um altar e arte budista. Com o entusiasmo, energia e generosidade do grupo de apoio, em 1994, encontramos e adquirimos a casa na Rua Casuarina, onde hasteamos as primeiras Bandeiras da Prece, inaugurando assim o local que até hoje é nossa querida sede e uma casa para o Dharma.

entrada-da-casa-com-piscina-1

Atual sede do CNBT com a bandeira de prece hasteada, antes de passar por grandes reformas.

O Nyingma foi crescendo cada vez mais, atraindo cada vez mais gente interessada em conhecer o Budismo. Com várias pessoas do grupo de apoio indo para a Califórnia receber treinamento para serem instrutores, foi possível oferecer um número maior de cursos e cerimônias.

Nesse período começamos também nossos projetos de Arte Sagrada: fizemos thankas, malas, bandeiras de prece, almofadas… A união e empenho das pessoas desse início fez com que pudéssemos ter hoje um espaço tão bonito.

Esquerda: parte do altar de um de nossos salões / Direita: em cima tsa-tsas e abaixo voluntários produzindo bandeiras.

Esquerda: parte do altar de um de nossos salões / Direita: em cima tsa-tsas e abaixo voluntários produzindo bandeiras.

Em janeiro de 1997, finalmente fomos credenciados como um legítimo Grupo Nyingma do Rio de Janeiro e em maio do mesmo ano, fomos autorizados a construir a Estupa de 3 metros que há na entrada da casa e enche de beleza o nosso espaço.

estupa

De lá pra cá atravessamos vitórias, dificuldades, ampliamos nosso leque de programas oferecidos, nossas cerimônias, participamos de diversos projetos – sendo o maior deles o Projeto Kanjur, onde foram impressos, encapados e embrulhados 145,600 livros do Kanjur, para serem distribuídos na Cerimônia da Paz Mundial, na Índia – sempre tendo em mente a nossa missão promover, encorajar, ensinar e disseminar os conhecimentos da tradição Nyingma do Budismo Tibetano de forma acessível ao mundo contemporâneo.

Em 17 e 18 de junho de 2017, vamos comemorar 30 anos do início da nossa história! Para marcar esse momento, faremos uma exposição de arte sagrada com artigos tibetanos e indianos e todos estão convidados para celebrar conosco.

Data: 17 e 18 de junho de 2017 – sábado e domingo
Horários: 16h às 20h
Local: R. Casuarina, 297 casa 2 – Humaitá – RJ – CEP 22261-160 (nossa sede)

Entrada Gratuita!